terça-feira, 10 de junho de 2008

DIA DA RAÇA?! - POIS CLARO, O ALGODÃO NÃO ENGANA

.

Hoje, 10 de Junho, para Cavaco Silva é o Dia da Raça, tal qual como se expressou, o que vem provar que o algodão não engana e que se há sujeira ele acusa e deixa num ápice de ser esmeradamente branco para ganhar os tons da sujeira, seja ela da côr que fôr.
.
Não me parece que possa constituir grande novidade este tipo de expressão usado pelo Presidente da República, afinal está a ser coerente com ele próprio, uma vez que nunca foi anti-fascista, anti-salazarista, antes pelo contrário ou talvez inerte.
Não nos podemos esquecer de Cavaco Silva primeiro-ministro antes de nos surpreendermos com este "Dia da Raça" - é natural que um homem da direita seja racista e saudosamente use este tipo de linguagem.
.
Para além de tudo, a sua propensão para os números também pode significar falta de cultura e daí julgar que existe uma raça portuguesa, como nos cavalos lusitanos ou nos cães da Serra d'Aire, os nos queijos limianos.
Para mim, a meu exemplo, o actual PR terá sangue algo mouro e provavelmente até terá uma doença hereditária e típica da região sul de Portugal - talacemia. Uma hereditariedade genética proveniente do Norte de África, dos mouros.
Algarve, sul, mouros... estão a ver? Parece-me que o Pinto da Costa é que tinha razão, nesse aspecto.
Dia da Raça? Pois, está bem, compreendi.
.

Sem comentários: